Lula pede prescrição da pena no caso triplex

PT — Nos memorias, a defesa reafirma a inocência do petista, pede sua absolvição, e requer aos desembargadores que reconheçam a prescrição do prazo, ou seja, o esgotamento do tempo para o Estado punir Lula por crimes consumados em 2009.

O Estadão informou:

“Alternativamente ao pedido de absolvição, em memoriais no âmbito de apelação contra pena no caso triplex, advogados do ex-presidente Lula reafirmam sua inocência e requerem aos desembargadores do Tribunal da Lava Jato que reconheçam a prescrição dos supostos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção atribuídos ao petista. Os defensores sustentam o esgotamento do prazo para o Estado punir Lula por delitos que, segundo a acusação, teriam ocorrido em 2009.”