Governador do RS nega reunião com PT, PCdoB, PSOL e outros grupos extremistas

José Ivo Sartori, o governador do Rio Grande do Sul, negou um pedido de audiência feito por lideranças do PT, PCdoB e do PSOL.

Os líderes das siglas extremistas de esquerda queriam tratar da segurança durante o julgamento do ex presidente petista Lula, que acontecerá no dia 24 de janeiro no TRF-4, em Porto Alegre.

O Antagonista informou:

“José Ivo Sartori, governador do Rio Grande do Sul, negou um pedido de audiência feito por lideranças do PT, do PCdoB e do PSOL para tratar da segurança durante o julgamento de Lula no TRF-4.

O assunto, como temos dito, está sendo tocado exclusivamente pelo gabinete de crise coordenado pelo secretário de Segurança Pública do estado, Cezar Schirmer.

Em resposta, os líderes partidários foram convidados a colaborar para “a redução do radicalismo político” e para “a construção da paz social”.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.