CUT promete trazer ‘manifestantes’ estrangeiros para o julgamento de Lula

A pelegada de fora do Brasil promete invadir Porto Alegre.

A CUT informa que “organizações mundiais de trabalhadores, como a Confederação Sindical Internacional (CSI) e a IndustriALL Global Union (sindicato mundial dos trabalhadores na indústria), estão intensificando a mobilização de suas entidades filiadas para a atividade, particularmente as da América Latina.”

O secretário-geral da IndustriALL Global Union (sindicato mundial dos trabalhadores na indústria), Valter Sanches, disse ao site da CUT que “o movimento sindical internacional tem muita expectativa em relação à situação do Brasil”.

Diz o texto: “Primeiro, porque quer que o processo democrático seja restabelecido, que haja eleição de fato em 2018, que Lula tenha o direito de ser candidato e de que se possa eleger um governo democrático-popular no país”.

João Felício, presidente da Confederação Sindical Internacional (CSI), disse ao site da CUT:

“Ninguém se recusa a dar apoio a Lula. Ele é muito admirado e respeitado pelo movimento sindical internacional, que o reconhece como o maior presidente que o Brasil já teve e como referência mundial. Para as organizações sindicais de todos os continentes está claro que o objetivo do julgamento é tirar Lula do jogo eleitoral, atendendo as ordens das forças do mercado e de governos ultraconservadores.”

Segundo o pelego, “impedir a sua candidatura [de Lula] será uma derrota mundial”.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.