Que tal trocar o nome do viaduto Dona Marisa para Professora Heley de Abreu?

Após a notícia de que o prefeito de São Paulo, João Doria, mandou cancelar a inauguração do Viaduto Dona Marisa (marcada para a próxima quarta, 3), uma mobilização espontânea surgiu nas redes sociais para que o Viaduto fosse batizado com o nome de uma verdadeira heroína brasileira.

Milhares de pessoas começaram a sugerir ao prefeito paulistano que a professora Heley fosse homenageada. “Mude o nome do viaduto para Viaduto Professora Heley de Abreu Silva Batista e eu passo a te respeitar”, disse seguidor Antônio Daher.

Relacionados:  Doria foi flagrado sem máscara e fazendo compras em Miami

Heley de Abreu Silva Batista morreu em 5 de outubro de 2017 após dar sua própria vida em um ato de coragem para salvar crianças na Tragédia de Janaúba. Ela sozinha salvou a vida de pelo menos 25 crianças.

Na creche Gente inocente de Janaúba MG, o vigilante Damião Soares dos Santos ateou fogo em si mesmo, e em outras crianças numa sala de aula.

A professora protegeu as 25 crianças sozinha, abraçando o criminoso para impedir que ateasse fogo nas outras crianças com álcool, e teve 90% de seu corpo queimado. No massacre, 9 crianças foram mortas. 45 Pessoas foram feridas e 11 não resistiram.